Aldemir Martins

Um dos mais versáteis artistas brasileiros, Aldemir Martins (1922-3006) transitou com desenvoltura por pintura, desenho, gravura, cerâmica e escultura. Atuou, ainda, em áreas tão diversas como desenho industrial – ao realizar estampas para tecidos – e ilustração de livros, incluindo até mesmo vinhetas para a abertura de telenovelas, a exemplo de ‘Gabriela’. Seu maior reconhecimento, contudo, vem das pinturas de colorações intensas e contrastantes, que, ao tematizar o Nordeste brasileiro, criam uma relação paradoxal entre a aridez do Sertão e a efervescência das cores. Aldemir Martins também obteve aclamação crítica ao receber, em 1956, o prêmio de melhor desenhista internacional na XXVIII Bienal de Veneza, o que o levou a expor em diversas partes do mundo.