Notícias de Arte - Guimarães Galeria

23 de março de 2018

Nota de falecimento: Francisco Biojone (1934 – 2018)

Pintor campineiro faleceu aos 83 anos e deixa legado indelével de inovação e criatividade para a cidade.

 

É com pesar que a Guimarães Galeria informa sobre o falecimento do pintor campineiro Francisco Biojone. Francisco faleceu aos 83 anos, no dia 13 deste mês, após quinze dias de internação por insuficiência respiratória causada por uma infecção pulmonar.

Mas, aqui, gostaríamos de dar destaque não ao seu falecimento, mas sim à sua vida e obra. Biojone nasceu em Campinas em 1934, e logo aos 15 anos entrou no mundo da arte. Ganhou enorme destaque na cena brasileira a partir dos anos 60, quando fez parte do grupo Vanguarda, ajudando a renovar todo o cenário artístico da cidade.

Atualmente, obras de Bijone são expostas no Museu de Arte Moderna de São Paulo, no Museu de Arte de Belo Horizonte, no Museu de Arte Contemporânea de Campinas e na Pinacoteca do Estado de São Paulo, dentre diversos outros locais de destaque no Brasil e no exterior.

Em mais de seis décadas, Biojone traduziu o tempo nas cores, volumes, formas. Biojone parte. Com uma estrela sob os pés

Em nota oficial, a Secretaria de Cultura de Campinas prestou sua homenagem e disse que “em mais de seis décadas, Biojone traduziu o tempo nas cores, volumes, formas. Biojone parte. Com uma estrela sob os pés“.

A Equipe da Guimarães Galeria deixa aqui nossas recordações e sentimentos por um dos pintores mais importantes e memoráveis de nossa cidade.

Artistas, Francisco Biojone

Deixe uma mensagem aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *